Panna cotta de frutos silvestres

Sem dúvida a minha sobremesa de eleição.
Rápida de fazer e faz um figurão:
– 200 ml de leite
– 400 ml de natas frescas
– 1 vagem de baunilha, eu optei por comprar xarope de baunilha por gosto de ver a panna cotta mais branca (3 colheres de chá)
– 100 g de açúcar
– 3 folhas de gelatina
– frutos silvestres (congelados ou frescos)

Colocam-se as folhas de gelatina dentro de uma tigela com agua fria, para humedecerem, durante 5 min.
Leva-se ao lume o leite, as natas, a baunilha e o açúcar e mexe-se até ficar bem quente. Juntam-se as folhas de gelatina bem espremidas. Continua-se a mexer.
Retira-se do lume e deita-se nas tacinhas.

 

calda
Levam-se ao lume os frutos silvestres, juntando-se um pouco de água e duas colheres de açúcar. Passa-se com a varinha mágica. Podem-se juntar depois uns frutos inteiros.

10 min E já está! Um pouco calórico, mas já introduzi uma redução das natas substituindo-as por leite…

O meu próximo objectivo é mudar de recipiente, ou seja, de taças pequenas para a taça do pudim…a pedido de muita gente.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *