calda de caramelo para pudins!

Hoje tinha um almoço cá em casa e tinha que pensar numa sobremesa rápida e saborosa. E que tal um pudim de ovos: super rápido e saboroso! Mas faltava a calda de caramelo para pudins. Então pensei: já vi a minha mãe fazer isto tantas vezes, também devo ser capaz de replicar.

Caramelo:
Para a elaboração da calda:
– 1 chávena de açúcar;
– meia chávena de água bem quente.

Coloca-se a chávena de açúcar dentro de um tacho (não utilizar anti-aderentes), em lume brando, vai-se mexendo até o açúcar queimar. Quando se tornar num líquido lançar, MUITO DEVAGAR, a chávena de água. Deixar arrefecer. Deixa-se ferver um pouco et voilá temos o nosso caramelo.

Entretanto iniciámos a elaboração do pudim.

Pudim:
– 5 ovos;
– 1 lata de leite condensado
– a mesma lata com leite
– não pus a raspa de limão porque me esqueci…

Mistura-se tudo num recipiente.

Entretanto, coloca-se a calda na forma do pudim e untam-se os lados. Verte-se com muito cuidado a mistura do pudim para evitar que se misture a calda com o pudim.
Deixa-se arrefecer e leva-se ao frigorífico.

 

 

Hoje o jantar foi muito saudável!

Já estava com desejos de comida badalhoca desde o fim-de-semana.
E pensei…é hoje! Mas nada badalhoco, super saudável!
Antes de vir para casa passei pelo supermercado e mentalmente comecei a fazer check na minha lista:
– hambuguer de carne fresca;
– alface;
– 1 tomate de cacho;
– cubinho de fiambre;
– cebola;

Para temperar o hamburguer usei sal, pasta de alho, óregãos…

et voilà, um jantar muito saudável:

Aprovado?

Bolachas de limão

Hoje ao lanche fizemos umas bolachas de limão deliciosas.

A receita é da minha mãe, a única alteração que fizemos foi espalma-las ligeiramente com um garfo. Aqui fica a receita:
250g de açúcar
125g de manteiga
raspas de limão
3 ovos
500g de farinha

bolachas  bolachas

bolachas  bolachas

bolachas

Panna cotta de frutos silvestres

Sem dúvida a minha sobremesa de eleição.
Rápida de fazer e faz um figurão:
– 200 ml de leite
– 400 ml de natas frescas
– 1 vagem de baunilha, eu optei por comprar xarope de baunilha por gosto de ver a panna cotta mais branca (3 colheres de chá)
– 100 g de açúcar
– 3 folhas de gelatina
– frutos silvestres (congelados ou frescos)

Colocam-se as folhas de gelatina dentro de uma tigela com agua fria, para humedecerem, durante 5 min.
Leva-se ao lume o leite, as natas, a baunilha e o açúcar e mexe-se até ficar bem quente. Juntam-se as folhas de gelatina bem espremidas. Continua-se a mexer.
Retira-se do lume e deita-se nas tacinhas.

 
Continue reading “Panna cotta de frutos silvestres”

Pizza para o jantar!!!

E não é da pizza hut, telepizza ou outra qualquer marca de compra.
Aliás, a compra que fizemos foi de ingredientes juntámos tudo e tcharaaaaaan:

 

Ingredientes:
– Massa própria para pizza;
– 1 lata de tomates pelados aos cubos;
– chouriço;
– fiambre aos cubos;
– azeitonas;
– queijo para pizzas;

Leva-se a massa 5 minutos aos forno para cozer a base.
Retira-se e deita-se a calda que vem dentro da lata e o tomate aos cubos, o chouriço, o fiambre, as azeitonas e por fim queijo em abundância.
Levar ao forno 15 min. até ficar a gosto.

E amanhã temos tarte de amêndoa…

Está dificil de acertar com a receita da tarte de amêndoa! E isto por quê? Porque a nossa tarteira é bastante grande para as receitas que circulam na internet. O que fizemos foi dobrar a receita mas, desta vez, a cobertura não foi suficiente. De qualquer forma está com um ar muito saboroso:

Esta é a receita que utilizo, dobrando as doses:
Base:
150 g de Farinha
100 g de Açúcar
100 g de Manteiga
1 Ovo
1 colher de chá de Fermento em pó
3 colheres de sopa de Leite

Juntar os ingredientes e levar a forno pré-aquecido a 180º cerca de 15 minutos.

tarte de amêndoa  

Recheio:
100 g de Amêndoa (laminada ou palitada)
100 g de Açúcar
125 g de Manteiga
3 colheres de sopa de Leite

Misturar tudo num tachinho, levar ao lume mexendo sempre e assim que levantar fervura contar cerca de 7 minutos (eu deixei só 5). Deitar por cima do bolo e levar ao forno a 180º até ficar no tom desejado, no meu caso esteve cerca de 15 minutos.
E desenformar ainda quente. Eu não desenformei porque a minha tarteira é especial 🙂

tarte de amêndoa  

E o resultado, tcharaaaaan:
tarte de amêndoa

Bruschetta para o lanche

Estamos a preparar o nosso próximo destino de férias e para o estômago se ir habituando, hoje, decidimos fazer umas bruschettas. A receita foi encontrada na Internet e através de uns ajustes de várias receitas que ‘googlámos’ (nem sei se já existe este verbo) resultou qualquer coisa de espetacular! 🙂

Ingredientes:
– Tomates bem maduros;
– pão fatiado;
– 1 dente alho;
– 3 folhas de manjericão;
– azeite qb;
– sal;
– óregãos;

Passo a partilhar a receita que seguimos:

Colocámos no forno, mas também poderá ser na torradeira, várias fatias de pão as quais foram barradas com azeite antes. Foram ao forno até ficarem ao nosso gosto. No caso de utilizarem a torradeira coloca-se o azeite depois, senão avizinha-se uma valente porcaria na torradeira.  Numa taça à parte, partir o tomate aos cubos, o alho, o manjericão e temperar com sal e óregãos.

O *segredo* é ir provando a mistura que se faz na tigela para ver se está ao nosso gosto. Utilizar, também, um azeite bom!

Infelizmente não há foto para partilhar porque comemos rápido demais! eheheh